Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
PUBLICIDADE

‘1ª Conferência da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica’ acontece em novembro

Publicado 20/10/2020 às 02:23
Imagem: Reprodução https://evento.pnme.org.br/

Imagem: Reprodução https://evento.pnme.org.br/

Entre os dias 16 e 19 de novembro de 2020 acontece a 1ª Conferência da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica. A iniciativa é  totalmente digital e reúne especialistas nacionais e internacionais.

Lançada em 2020, a Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME) é um espaço para fomentar o desenvolvimento do setor no País e agrega mais de 30 instituições da indústria, poder público, sociedade civil e academia. Foi pensada a partir da análise de que o Brasil precisa reduzir em 43% os seus níveis de emissões de gases de efeito estufa até 2030, conforme o compromisso firmado no Acordo de Paris da Convenção de Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2016.

O coordenador de projeto da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) e coordenador-executivo da PNME, Marcus Regis, destaca que a plataforma foi pensada também para oferecer dados, estudos técnicos e argumentos que ajudem na etapa de construção das políticas para o setor no país. “É importante destacar que o avanço de uma mobilidade sustentável e elétrica no Brasil depende do envolvimento dos vários atores”, enfatiza.

Programação
A programação do evento contempla temas como:
– Governança e cooperação para a Mobilidade Elétrica no Brasil;
– A Mobilidade Elétrica como tema fundamental para a sustentabilidade econômica e ambiental no Brasil;
– Desafios brasileiros para a implantação da Mobilidade Elétrica;
– Ações concretas para promover a Mobilidade Elétrica no Brasil.

O trabalho da PNME
A PNME começou a partir de um diagnóstico elaborado no segundo semestre de 2019, com início oficial em fevereiro de 2020. A liderança e o planejamento estratégico são feitos por um Conselho Gestor, formado por um grupo de instituições que incluem órgãos governamentais, agências, indústria e sociedade civil. O Secretariado-Geral, sob coordenação do Ministério Alemão de Cooperação Econômica e para Desenvolvimento, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, juntamente com o Instituto Clima e Sociedade(iCS), é responsável pela gestão da plataforma e organização das atividades.

Atualmente, a PNME conta com uma Comissão de Ciência & Tecnologia, que reúne nomes relevantes da pesquisa em mobilidade elétrica no Brasil. E dois grupos de trabalho que focam em alavancar a eletrificação do transporte público e promover a formação profissional voltada à mobilidade elétrica no país.

Para o coordenador do portfólio de Transportes no iCS e coordenador-executivo da PNME, Marcel Martin, a falta de competitividade é um fator que ainda dificulta o crescimento da eletrificação no mercado brasileiro. “Temos o desafio aqui de mudar a lógica do mercado. Em outros países as montadoras já estão olhando para esse futuro, mas aqui a discussão é tímida. Precisamos focar na transição do veículo movido por combustíveis fósseis para o de zero emissões”, argumenta. “O Brasil precisa olhar para a economia do futuro, que, com certeza, não é baseada nos veículos movidos a combustíveis fósseis.”

Segundo Martin, a eletrificação do transporte público é a que mais tem se desenvolvido atualmente no Brasil. “A pandemia de Covid-19 pode retardar um pouco o avanço dessa agenda, mas várias cidades já preveem a implementação de ônibus elétricos em suas frotas, como Campinas, Salvador, Santo André, São Bernardo e São Paulo”, exemplifica.

SERVIÇO
1ª Conferência da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica
Data: dias 16, 17, 18 e 19 de novembro de 2020 (segunda a quinta)
Formato: 100% digital
Inscrições gratuitas: https://evento.pnme.org.br/inscricao/
Promoção: Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica – PNME
Organização: Necta
Mais informações: https://evento.pnme.org.br/

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE