Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Flash Back
Apresentação
J. Carlos Nicolai
Mensageiro Gaúcho
Amílton Drews

Rede de Farmácias São João irá destinar mais de R$ 33 milhões para pavimentação asfáltica de rodovias do Rio Grande do Sul

Publicado 29/12/2021 às 08:24

A destinação, mediante compensação do ICMS, vai contemplar rodovias no Alto Jacuí e Alto da Serra do Botucaraí

Um projeto inédito no Rio Grande do Sul e que representa muito além de melhorias nas estradas, mas a possibilidade de investimentos por parte das empresas através da compensação tributária. A Rede de Farmácias São João irá destinar mais de R$ 33 milhões, provenientes do ICMS, para pavimentação asfáltica de rodovias do Alto Jacuí e do Alto da Serra do Botucaraí. O termo de acordo, assinado no último dia 22, no Palácio Piratini, prevê o investimento total de R$ 68,2 milhões com recursos da São João e Coprel.

“Essas obras são demandas antigas destas comunidades e sabemos o quanto o investimento em rodovias contribui para o desenvolvimento econômico regional e segurança de quem transita por elas. Uma empresa pode impactar positivamente de diferentes maneiras nas comunidades onde está presente e essa é a missão da São João”, ressalta o presidente da Rede de Farmácias São João, Pedro Henrique Kappaun Brair.

“Esse processo envolve uma importante participação da iniciativa privada. Vemos essa parceria como muito oportuna, pois tem agilidade que o Estado, pelos trâmites internos, não tem. Obrigado por confiarem no RS”, destacou o governador do RS, Eduardo Leite.

Além das empresas, o termo envolve as secretarias da Fazenda e de Logística e Transportes, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e o Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal dos Municípios do Alto Jacuí e Alto da Serra do Botucaraí (Comaja). As empresas repassarão o valor necessário às intervenções aos municípios e as prefeituras estarão responsáveis, junto ao Comaja, pela execução das obras. Ao Daer, caberá a supervisão dos trabalhos, para que obedeçam às normas de engenharia rodoviária.

“Estamos conseguindo resultados importantes no setor de transportes do Estado. Essa iniciativa é histórica: um investimento de quase R$ 70 milhões em estradas por meio das empresas. Trata-se de uma medida criativa para qualificar a infraestrutura das nossas rodovias. É um grande esforço para podermos avançar e desenvolver ainda mais o Rio Grande do Sul”, disse o secretário de Logística e Transportes do RS, Juvir Costella.

A pavimentação asfáltica será executava na ERS-506, entre os municípios de Santa Bárbara do Sul e Ibirubá, na ERS-510, entre os os municípios de Fortaleza dos Valos e Cruz Alta, e na ERS-451, entre Não-me-Toque e Colorado.

“Entendemos que é fundamental fazermos parte de iniciativas como essa, uma vez que conseguimos direcionar os recursos para projetos que atendem às comunidades onde a São João está presente. Está no DNA da empresa participar e incentivar projetos que são voltados às comunidades, e a empresa direciona recursos incentivados como este do Estado do Rio Grande do Sul, mas também muitos valores e recursos próprios durante todo o ano”, explica Rodrigo Morellis – gerente contábil da Rede de Farmácias São João.

De acordo com o diretor de Planejamento Estratégico da São João, André Menegazzo, a Rede busca, cada vez mais, participar de iniciativas que refletem no desenvolvimento das comunidades onde está presente nos três estados do Sul (RS, SC e PR), seja através de ações sociais, de saúde, infraestrutura e até mesmo educação. “Esta ação demonstra a força que tem a Rede de Farmácias São João no RS, mas acima de tudo o desejo da empresa em realmente estar presente nas comunidades e participar de tudo aquilo que for possível para o bem de todos”, finaliza Menegazzo.

Entre as que mais contribuem no RS

A Rede de Farmácias São João, 4ª maior do varejo farmacêutico do Brasil e maior do Sul, está entre os maiores arrecadadores de ICMS do Estado do Rio Grande do Sul, cerca de R$ 400 milhões em 2021.

A empresa também é a que mais emite notas fiscais no RS. O volume de transações das Farmácias São João é tão grande no Estado, que daria para dizer que quase metade dos gaúchos frequenta uma farmácia da rede mensalmente, se levarmos em consideração os 11 milhões de habitantes no RS. Cerca de seis milhões de notas são emitidas todos os meses na São João, apontada pela Secretaria da Fazenda como a maior emissora de notas fiscais de consumidor eletrônica do RS.