Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Brasil de Norte a Sul 
Apresentação
Edeovaldo Dias dos Santos

Inter enfrenta o Santos em busca da segunda vitória consecutiva no Brasileirão

Publicado 8/06/2022 às 08:25

Foto: reprodução

O Inter começou o Campeonato Brasileiro assustado, olhando mais para baixo do que para cima. Trocou de técnico, fez contratações, aprumou-se e, mesmo fazendo uma campanha não mais que medíocre, começa a ambicionar certo protagonismo. Na intimidade do vestiário, apesar das dificuldades, existe a convicção de que uma sequência de bons resultados pode levar o time colorado a um papel de destaque na competição. Por isso, após vencer o Bragantino, o Inter mira a conquista dos três pontos, nesta quarta-feira à noite, diante do Santos, na Vila Belmiro.
 
Desde que Mano Menezes assumiu, em abril, o Inter não perdeu, mas, por outro lado, ganhou muito pouco. Foram apenas cinco vitórias, só duas pelo Brasileirão. Mesmo assim, os três pontos conquistados em Bragança Paulista, no final de semana, deixaram os colorados na sétima posição, só quatro pontos atrás do líder. Ou seja, a tabela mostra que tudo é possível neste momento e que mais uma vitória pode colocar o clube no G-6.
 
Após o jogo contra o Bragantino, o Inter seguiu em São Paulo. Alojou-se em Atibaia fazer a preparação para o jogo contra o Santos, o segundo fora de casa e que antecede a partida contra o Flamengo, no Beira-Rio, na noite deste sábado. “Será uma partida muito disputada. O Campeonato Brasileiro está sendo assim. Qualquer time pode ganhar de qualquer time. Temos que estar focados, concentrados na importância da conquista dos três pontos”, segue o zagueiro.
 
 
O Santos não vence pelo Brasileiro há mais de um mês também ocupa uma posição intermediária na tabela. Na rodada passada, empatou com o Athletico Paranaense por 2 a 2, em Curitiba.
 
Santos
João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Vinícius Zanocelo e Sandry; Léo Baptistão, Jhojan Julio e Angulo. Técnico: Fabian Bustos.
 
Inter
Daniel; Fabricio Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Rodrigo Dourado, Edenilson, De Pena e Alan Patrick; David (Taison, Pedro Henrique ou Maurício) e Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.
 
Arbitragem: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC-Fifa) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)