Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Canto Nativo
Apresentação Docimar Schmidt
Alvorada Musical
Edeovaldo Dias dos Santos

COVID-19
Estado antecipa R$ 1,4 milhão para hospital de Passo Fundo, segunda cidade gaúcha com maior número de casos

Publicado 24/04/2020 às 10:03
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Governador do RS e secretária da Saúde na transmissão diária sobre a Covid-19   |   Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Passo Fundo é a segunda cidade gaúcha com maior número de casos de Covid-19 e de óbitos. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, até esta quinta-feira (23/4), contabilizou 59 diagnosticados e seis mortes. Em transmissão ao vivo pela internet, na tarde de ontem, o governador, Eduardo Leite, anunciou a antecipação de R$ 1,4 milhão para custeio dos dez novos leitos de UTI instalados no Hospital de Clínicas do município.

“Serão aplicados R$ 1,6 mil por dia para cada leito. As unidades fazem parte do Plano de Contingência Hospitalar da Secretaria da Saúde do Estado para enfrentamento à Covid-19”, afirmou Leite, destacando que a região, por ser referência de atendimento para outros municípios, é observada com atenção. “Já instalamos 10 leitos na cidade e pagaremos o custeio de maneira antecipada. O recurso, oriundo do Ministério da Saúde, é de R$ 1,4 milhão.”

Além disso, de acordo com o governador, Passo Fundo também recebeu 47 mil máscaras, 39 mil luvas e, entre março e abril, o repasse de R$ 1,5 milhão, também aportados pelo Ministério da Saúde.

A secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, acrescentou que a equipe técnica da pasta está à disposição e que dará o apoio necessário à coordenadoria regional. “Observamos que houve casos de transmissão entre pessoas jovens, que estavam trabalhando, e que residem em vários municípios. Daremos suporte, principalmente a essas pessoas que foram diagnosticadas recentemente, e o caso específico de contágio em local de trabalho está sendo apurado e investigado”, esclareceu. E, finalizando, lembrou que no RS quase 70% das pessoas que tiveram os casos confirmados para Covid-19 estão recuperadas.

 

PUBLICIDADE