Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Canto Nativo
Apresentação Docimar Schmidt
Alvorada Musical
Edeovaldo Dias dos Santos

Agricultores de Sertão (RS) buscam apoio da Emater e passam a comercializar produção excedente

Publicado 15/05/2020 às 03:30
Produtora Cinda Pieri na entrega dos produtos

Produtora Cinda Pieri durante uma entrega de produtos   |   Fotos: Irene Gobbo/EM da Emater/RS-Ascar de Sertão

Agricultores do município de Sertão (RS) buscaram ajuda no Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar para comercializar os produtos excedentes nas suas propriedades. Eles foram recebidos pela extensionista rural social Irene Gobbo que, diante da situação exposta, passou a divulgar para os contatos e grupos de whatsApp a disponibilidade de produtos para venda. Entre eles, mandioca, batata-doce, amendoim, feijão, moranga, morango, saladas diversas e temperos. E, ainda, itens panificados da agroindústria As Delícias do Campo, como pães, bolachas, cucas e massas.

E, em tempos de Covid-19, a iniciativa também está sendo uma mão na roda para os idosos. Com restrição para saírem, eles agora fazem encomendas com a Irene, que repassa os pedidos para as agricultoras e agenda as entregas, que ocorrem três vezes por semana. A extensionista orienta que os produtos estejam embalados, identificados e pesados, e que os entregadores usem máscara e evitem contato próximo com os clientes.

“Toda a ação é feita utilizando tecnologias virtuais, prezando pela saúde e garantia de qualidade dos produtos”, observa a profissional, que comemora os excelentes resultados. “Viabiliza a comercialização, gera renda e valoriza os produtos e agricultores locais, além de garantir alimentação de qualidade para as famílias sertanenses, sobretudo as que têm dificuldades para sair de casa.”

Sertão Vilson Viana Agroindustria de mel

Apicultor Vilson Viana na entrega de mel ao cliente

 

PUBLICIDADE