Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais

Agricultores familiares ocupam a Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul

Publicado 4/05/2022 às 07:54

Os trabalhadores rurais reivindicam auxílio do governo por causa da estiagem que atingiu o Estado
Foto: Maiara Rauber/MST

Cerca de 700 agricultores ocuparam, na manhã desta quarta-feira (04), as dependências da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul, no Centro de Porto Alegre, para reivindicar auxílio aos trabalhadores do campo que foram afetados pela estiagem no Estado.

Segundo o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), os agricultores familiares vêm sofrendo com esse problema há mais de três anos seguidos e seguem solicitando a liberação de um auxílio e de crédito emergencial para amenizar os impactos da seca.

“Essa situação certamente vai ficar na história do Estado, pois o até então governador Eduardo Leite não fez nada de concreto para ajudar os camponeses e as camponesas. Por isso, mais uma vez estamos aqui na Capital do Rio Grande do Sul para denunciar e anunciar o descaso que o governo teve com esse povo que é tão importante para o desenvolvimento do nosso Estado”, disse o dirigente do MST Ildo Pereira.

por O Sul