Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Frequência Livre
Apresentação
Paulo Frizzo
Rádio Cidade
Apresentação Francisco Basso Dias

Anvisa libera aplicação da Coronavac para crianças de 3 a 5 anos

Publicado 14/07/2022 às 09:06

Autorização foi dada na tarde desta quarta (13), após reunião da diretoria colegiada. O pedido do Butantan foi feito em março.
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso da vacina Coronavac, usada contra a covid, em crianças entre 3 e 5 anos. A aprovação ocorreu na tarde desta quarta-feira (13), após reunião da diretoria colegiada.

O pedido inicial do Instituto Butantan, que produz o imunobiológico, foi feito em março deste ano. Ao todo, foram feitos três pedidos de ampliação do uso da vacina. Em junho, o Butantan entregou dados adicionais solicitados pela agência para analisar o pedido de autorização da vacina.

A diretora Meiruze Sousa Freitas, relatora do processo de aprovação, frisou que a Anvisa monitora o resultado de pesquisas de efetividade da vacina em crianças antes da aprovação e que a medida é tomada com segurança.

Gustavo Mendes, gerente de Produtos Biológicos, Radiofármacos, Sangue, Tecidos, Células, Órgãos e Produtos de Terapias Avançadas da Anvisa, indicou que o esquema vacinal seja de duas doses com intervalo de 28 dias.

“A totalidade das evidências científicas disponíveis sugerem que há indicativos de benefícios a para utilização da vacina na população pediátrica”, pontuou.

Avaliação técnica

Ao longo da reunião, pesquisadores frisaram que o imunizante se mostrou seguro e eficaz contra a covid nessa faixa etária. Rafaella Fortini, pesquisado do Instituto René Rachou, estrutura da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Minas Gerais, defendeu a aplicação. “Vemos que as crianças desenvolvem uma resposta mais robusta do que os adultos e os idosos”, concluiu.

Na mesma tendência, Valéria Valim, professora de medicina da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e coordenadora de um estudo, declarou que a vacina reduz a internação de crianças.

Segundo a médica, estudos mostram que a Coronavac é tão eficaz nesta faixa etária como em crianças acima de 5 anos.

Os pesquisadores Manoel Barral, da Fiocruz Bahia, e Marco Aurélio Safadi, presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, também defenderam o uso.

Histórico

Antes, a Coronavac era aplicada em crianças acima de 6 anos e que não tenham comorbidades. As doses da vacina fabricada pelo Butantan são iguais para todas as faixas etárias.

A autorização para uso no público de 6 a 17 anos foi concedida em janeiro de 2022. O imunizante para adultos é utilizado desde janeiro de 2021.

O imunizante é produzido pelo Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Essa foi a primeira vacina a ser usada no Brasil.

No Brasil, quatro vacinas contam com a aprovação da Anvisa: Pfizer, Coronavac, Janssen e AstraZeneca. A vacina russa Sputnik tem autorização para importação excepcional.

por o Sul