Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Correspondente Ipiranga
Rede Gaúcha SAT

Após deixar corrida presidencial, Eduardo Leite deve disputar governo do Rio Grande do Sul

Publicado 26/04/2022 às 05:42

Foto: Reprodução

Depois de sair da corrida presidencial, o ex-governador Eduardo Leite (PSDB) afirmou a interlocutores que deve entrar na disputa pelo governo gaúcho a fim de retornar ao Palácio Piratini.

A tentativa de voltar ao governo estadual passa a ser vista como o caminho natural depois que Leite divulgou carta na semana passada na qual afirmava que o ex-governador João Doria é o pré-candidato do PSDB.

Em março, mesmo derrotado por Doria nas prévias que escolheram o pré-candidato do PSDB a presidente da República, Leite renunciou ao governo do Rio Grande do Sul e passou a percorrer o País e a fazer contatos políticos.

Com o desempenho insatisfatório de Doria nas pesquisas eleitorais, parte das lideranças tucanas defendia o nome de Leite – apesar o resultado das prévias – como candidato do partido a presidente. O ex-governador chegou a cogitar a filiação ao PSD para disputar a Presidência.

Nesta quarta-feira (27), ele retorna para Porto Alegre e deve mergulhar numa agenda intensa pelo interior do Rio Grande do Sul. E deve iniciar as articulações para tentar voltar ao governo gaúcho.

Aliados acreditam que o fato de ele ter deixado o governo facilita o discurso de que não usará a máquina pública para se beneficiar na campanha. Isso porque, na eleição de 2018, Leite anunciou que não disputaria a reeleição.

por O Sul