Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Correspondente Ipiranga
Rede Gaúcha SAT

Avaí pode perder acesso à série A

Publicado 30/12/2021 às 03:41

Foto: Avaí Futebol Clube

O acesso do Avaí à Série A corre o risco de não acontecer. Nesta quinta-feira (30), o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), recebeu a denuncia de sete jogadores do Avaí, sobre atrasos salariais.

Diego Renan, Edilson, Iury, João Lucas, Rafael Pereira e Ronaldo, procuraram o Sindicato dos Atletas Profissionais de Santa Catarina (SAPFESC), que notificou o clube sobre a denuncia. A mesma, informa o não pagamento de verbas trabalhistas e detalhes dos valores devidos a cada atleta da segunda divisão. O Avaí tem 15 dias para cumprir as obrigações financeiras em atraso, a partir do dia 20 de janeiro de 2022, quando o STJD volta do recesso.

O especialista em em Direito Desportivo, Mário César Bertoncini, explica que esta punição ao Leão da Ilha, pode ser difícil.

-“Dificilmente o Avaí será punido. Em relação ao processo em si, existe sim a possibilidade. Talvez a primeira lembrança seja o caso do Figueirense de alguns anos atrás, mas naquela situação ele foi acionado por outro clube. A legislação diz que deve ser acionado pelos próprios atletas ou pelo sindicato. No caso do Avaí, o requisito está cumprido. Tem um detalhe importante que são esses 30 dias que os atletas podem ajuizar a medida mesmo após o campeonato. Mudou a divisão, diretoria, então é natural que haja mudança. Os jogadores incomodados com os atrasos. A denúncia já foi feita e o Avaí terá que se manifestar. Ele tem o prazo de 15 dias para comprovar que já pagou ou que vai pagar”. Explicou Bertoncini, em entrevista à CBN Diário.

Caso o Avaí seja comprovado como clube devedor, o Leão da Ilha perde três pontos da tabela de classificação da Série B, e deixa espaço para o CSA jogar a Série A.

por ClicRDC