Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Momento Nativo
Apresentação de Paulo Frizzo
Panorama de Notícias
Apresentação Amílton Drew e Edilon Flores

CENSO ESCOLAR
– Redes pública e privada de ensino têm até 21 de agosto para declarar dados da Educação Básica 

Publicado 17/08/2020 às 06:56
Imagem: reprodução inep.gov.br

Imagem: reprodução inep.gov.br

Termina, na próxima sexta-feira, 21 de agosto, o prazo para que os representantes das escolas públicas e privadas da educação básica do País possam acessar o Sistema Educacenso e declarar as informações do Censo Escolar 2020. O sistema está disponível desde o dia 27 de maio para a etapa da Matrícula Inicial. Neste ano, o prazo foi de 87 dias, 27 a mais que o definido em anos anteriores (60 dias), em função da suspensão das atividades escolares, imposta pela pandemia de Covid-19.

As informações de matrículas declaradas ao Censo Escolar 2020 devem ter como referência o último dia 11 de março. A data é imediatamente anterior ao início da suspensão das aulas no País. E foi definida após diálogo mantido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) com as coordenações estaduais e municipais das capitais do Censo Escolar das secretarias de Educação, o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e a Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep).

Segundo o Inep, os dados do Censo Escolar orientam os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para municípios e unidades da Federação. Além disso, a distribuição de recursos para merenda, livros didáticos e transporte escolar, por exemplo, é determinada pelas informações consolidadas na pesquisa estatística.

Os dados coletados pelo Censo Escolar 2020 contribuem ainda para o cálculo de um conjunto de indicadores que possibilitam a compreensão da situação educacional no Brasil. É o caso do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (ldeb), das taxas de rendimento e de fluxo escolar, da distorção idade-série, entre outros, que inclusive são referência para as metas do Plano Nacional da Educação (PNE).

A pesquisa é coordenada pelo Inep e realizada, anualmente, em regime de colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação, com a participação de todas as escolas públicas e privadas do País.

Para acessar o Sistema Educacenso clique aqui.

 

PUBLICIDADE