Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais

Devido a paralisações do trânsito em rodovias, postos ficam sem combustível em Santa Catarina

Publicado 9/09/2021 às 07:21

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Devido a paralisações do trânsito em rodovias, postos começaram a ficar sem combustível em Santa Catarina. Conforme informações da gerente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina (Sindipetro), Pamela Alessandra Bento, ao menos 30 postos na região de Joinville, no Norte do Estado, já estão sem combustível ou no fim do estoque.

Conforme Pamela, as bases de distribuição de Guaramirim e de Itajaí estão fechadas desde a manhã desta quarta-feira. Como na terça-feira (07)  foi feriado, os postos não receberam produtos e o Estado registrou a escassez nesta quarta-feira.

Conforme Pamela, para tentar resolver o problema, o sindicato entrou com um pedido de liminar, pedindo a liberação das bases e a escolta dos caminhões, para garantir o abastecimento dos postos de combustíveis.

Para Pamela, o impacto que já é sentido na região Norte do Estado, pode atingir toda Santa Catarina. Conforme a gerente, da mesma forma que o combustível em Joinville ou municípios vizinhos, nas outras cidades que os caminhões passam por rodovias, o combustível também não vai chegar.

Nota do Sindipetro

Senhores Revendedores,
Tendo em vista a paralisação dos caminhoneiros que está afetando o tráfego de veículos de carga em todo o território catarinense, assim como impedindo o acesso às bases de distribuição, o SINDIPETRO informa que ajuizou perante a Justiça Federal um pedido cautelar para garantir a circulação dos caminhões-tanque com combustíveis, assim como a liberação da entrada e saída destes veículos nas bases de abastecimento do Estado. Foi requerida também escolta policial para garantir que os veículos possam transitar pelas rodovias sem intercorrências e garantir o abastecimento que é atividade essencial e de interesse público.
Estamos acompanhando o trâmite e, tão logo tenhamos posicionamento da Justiça acerca do pedido liminar, informaremos a revenda através dos nossos canais.
Permanecemos à disposição e sempre trabalhando em prol da revenda catarinense.
Atenciosamente, Luiz Antônio Amin, presidente do SINDIPETRO/SC

Situação de Chapecó

Conforme o presidente do Sindipostos Chapecó, Zamir Galli, é complicado prever até quantos dias os postos de Chapecó terão combustível sem novos abastecimentos, por que cada local tem uma estocagem, uns tem mais, outros menos. Zamir acredita que os estabelecimentos chapecoenses ainda tem estoque de cerca de dois a três dias de combustíveis.

Na noite desta quarta-feira, diversos postos de combustíveis do município registraram filas. Zamir alertou se a alta procura, como o da noite desta quarta-feira continuar, pode gerar um impacto negativo no estoque de combustível do município.

“Claro, se continuar com as filas que vimos hoje a noite, de todo mundo ir abastecendo, vai acabar mais rápido, mas por enquanto os postos ainda possuem combustível’, disse Zamir.

por CLicRDC