Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Interatividade
Apresentação
Elton Dalla Rosa
Sabadão Musical
Apresentação
Edilon Flores

Dia do Trabalhador em Erechim será ao som da Ospa

Publicado 26/04/2019 às 02:09
Foto: Ospa/Divulgação

Foto: Ospa/Divulgação

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) está realizando a Série Interior 2019, e Erechim é o seu segundo destino. No Dia do Trabalhador, 1º de maio, às 19h30min, os músicos se apresentam ao ar livre na Praça da Bandeira. O evento marca o encerramento do Centenário da cidade, comemorado no dia 30 de abril. A entrada é franca.

Sob a batuta do maestro Evandro Matté, a orquestra interpreta obras de Verdi, Mozart e Strauss II. O programa também destaca a trilha do filme Piratas do Caribe e música latino-americana. Os solos são da soprano Raquel Fortes.

Os concertos da Série Interior 2019 tem patrocínio oficial da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e a parceria da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo de Erechim.

Em caso de chuva, o evento será transferido para Catedral São José (Av. Maurício Cardoso, 62).

Sobre o programa
O concerto tem início com a trilha de West Side Story, longa-metragem musical conhecido como Amor, Sublime Amor. A obra é do compositor norte-americano Leonard Bernstein (1918-1990), maestro, escritor e professor mundialmente conhecido por popularizar a música clássica. Em seguida, os músicos interpretam trechos de óperas de Giuseppe Verdi (1813-1901): a abertura de Nabucco e a ária Caro Nome da ópera Rigoletto. A segunda parte da apresentação destaca a obra Vozes da Primavera, do compositor Johann Strauss II (1825-1899).

Na sequência, duas peças de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) são revisitadas: a abertura da ópera Bodas de Fígaro e A Rainha da Noite, ária da ópera A Flauta Mágica. Esta última, conta com solos da soprano Raquel Fortes, que integrou o elenco da mesma ópera na montagem realizada pelo Opera Studio, do Theatro Municipal de São Paulo. A tradição latino-americana ganha relevo logo depois, com a obra ‘‘Mourão’’, de César Guerra-Peixe (1914-1993). A peça mais famosa do autor é inspirada na sonoridade das manifestações artísticas nordestinas e ganhou repercussão internacional.

Depois, o nacionalista Camargo Guarnieri (1907-1993), aliado do literato Mário Andrade, é rememorado com Danças Brasileiras. A obra é elaborada a partir de lembranças da infância e de músicas que celebravam a abolição da escravatura. Com arranjos de Arthur Barbosa, La Cumparsita, do uruguaio Gerardo Matos Rodríguez, também é executada. A peça é reconhecida como o tango mais famoso do mundo. E, para encerrar, a trilha de Piratas do Caribe’, do compositor alemão Klaus Badelt (1967-).

Ospa – Série Interior 2019 – Erechim
Dia 1º de maio, às 19h30min, na Praça da Bandeira
(Em caso de chuva, na Catedral São José (Av. Maurício Cardoso, 62)
Entrada Franca

PROGRAMA
Leonard Bernstein: West Side Story
Giuseppe Verdi: Abertura da ópera Nabucco
Giuseppe Verdi: Caro Nome da ópera Rigoletto
Johann Strauss: Vozes da Primavera
Wolfgang Amadeus Mozart: Abertura da Ópera As bodas de Fígaro
Wolfgang Amadeus Mozart: A rainha da noite da ópera A Flauta Mágica
César Guerra-Peixe: Mourão
Mozart Camargo Guarnieri: Danças Brasileiras
Gerardo Matos Rodríguez: La cumparsita
Klaus Badelt: Piratas do Caribe

Regente: Evandro Matté (Brasil)
Solista: Raquel Fortes (soprano, Brasil)

PUBLICIDADE