Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Flash Back
Apresentação
J. Carlos Nicolai
Mensageiro Gaúcho
Amílton Drews

Em janeiro também tem desconto para pagamento do IPVA 2022 no Rio Grande do Sul

Publicado 4/01/2022 às 06:21

Quem realizar a quitação até 31 de janeiro tem desconto de 10% pela antecipação
Foto: Divulgação

Proprietários de veículos podem obter economia no bolso com o pagamento do IPVA 2022 antecipadamente em janeiro, antes do vencimento por placas (que acontece em abril) no Rio Grande do Sul.

Quem realizar a quitação até 31 de janeiro tem desconto de 10% pela antecipação. Os proprietários também podem obter os descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão. Se tiverem direito, poderão acumular os descontos que chegarão ao máximo de 28%.

Se o proprietário optar pelo parcelamento em seis vezes, também terá o respectivo desconto nas parcelas de janeiro (10%), fevereiro (6%) e março (3%), mas deverá ser feita a opção pelo parcelamento e pagamento da primeira parcela até 31 de janeiro.

Para fazer o parcelamento é obrigatório o pagamento em seis vezes dentro dos prazos estipulados. Por exemplo, não há como optar pelo parcelamento em fevereiro. É imprescindível o pagamento da primeira parcela ainda durante o mês de janeiro.

Locais de pagamento

No IPVA 2022, a Receita Estadual adotou também o Pix como forma de pagamento. Basta o cidadão consultar no site ou no aplicativo do IPVA/RS, gerando o QR Code para efetuar o pagamento em mais de 760 instituições relacionadas. Quem optar pelo parcelamento terá que gerar um novo código a cada mês.

Para pagar presencialmente, basta ir até agências do Banrisul, Sicredi, Bradesco ou Banco do Brasil (somente para clientes). Também é possível pagar usando os aplicativos desses bancos.

Assim como nos anos anteriores, apresentando o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) é possível pagar também as taxas de licenciamento e multas. Elas podem ser pagas separadamente do IPVA, sendo que o proprietário deve estar atento às datas de vencimento de cada uma das obrigações. Para quitar o IPVA, é preciso apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo ou a placa e o Renavam do veículo.

Com o Pix, não será mais possível o pagamento por cheque no Banrisul. Diante da impossibilidade de homologar a tempo o convênio com a Caixa Econômica Federal, temporariamente as lotéricas estão com a arrecadação suspensa.

Os dados relativos ao veículo como valor do IPVA, multa e pendências podem ser acessados no site www.ipva.rs.gov.br ou por meio do aplicativo do tributo (IPVA RS) disponível gratuitamente para dispositivos móveis nas lojas App Store e Google Play.

Desconto do Bom Motorista

Os descontos para bons motoristas estão mantidos como nos anos anteriores e variam em três faixas, conforme o período sem infrações cometidas no trânsito. Para os condutores que não tiveram registro de infrações nos sistemas de informações do Estado entre 1º de novembro de 2018 e 31 de outubro de 2021 (três anos), a redução será de 15%.

Quem não teve multa depois de 1º de novembro de 2019 (dois anos) recebe desconto de 10% e, depois de 1º de novembro de 2020 (um ano), tem direito a um benefício de 5%.

Desconto do Bom Cidadão (NFG)

Também em três faixas, a redução no valor do IPVA pelo Bom Cidadão resulta da participação do contribuinte (pessoa física) no Programa da NFG (Nota Fiscal Gaúcha) e a solicitação de notas com CPF na hora da compra.

O desconto máximo de 5% será para quem acumulou 150 notas ou mais, de 3% entre 100 e 149 notas e de 1% entre 51 e 99 documentos fiscais devidamente registrados. Ao todo, 16% da frota tributável terá direito ao benefício.

R$ 1,5 bilhão com pagamento antecipado em dezembro

Antes da virada do ano, o IPVA 2022 de 1,3 milhão de veículos foram pagos de forma antecipada. Segundo dados da Receita Estadual, isso representou uma arrecadação bruta de R$ 1,507 bilhão até 30 de dezembro. Este valor é repartido automaticamente, sendo 50% para o Estado e 50% para o município no qual o veículo é emplacado. No Rio Grande do Sul, são cerca de 3,7 milhões de veículos tributáveis que devem recolher o IPVA 2022.

por O Sul