Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Deixa Tocar
Programa computadorizado

Faturamento do comércio gaúcho na Páscoa pode chegar a R$ 200 milhões

Publicado 29/03/2023 às 08:23

Projeção da FCDL-RS mostra terceiro avanço anual consecutivo das vendas na data comemorativa
Foto: Divulgação

A Páscoa 2023 deve registrar boas vendas no comércio gaúcho, com um incremento de até 6% do volume de produtos comercializados em relação ao ano passado.

De acordo com a projeção da FCDL-RS (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul), o faturamento no estado pode chegar a R$ 200 milhões, representando o terceiro avanço anual das vendas de Páscoa desde 2020.

“Esse indicador mostra o incremento do consumo pós-pandemia, mesmo com as dificuldades financeiras que boa parte da população enfrenta com a situação econômica do país, de inflação elevada e taxa de juros alta. Ainda assim, a Páscoa é mais uma data comemorativa com forte apelo emocional, o que leva as pessoas a buscarem o comércio para comprar produtos típicos do período, como ovos de chocolate, caixas de bombons e barras de chocolate”, avalia o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

O dirigente destaca, ainda, que o ticket médio na aquisição de produtos deve ser semelhante à de 2022 e ficar em torno de R$ 150. Isso porque a opção de compra da população deve ser por presentes com menor valor agregado.

“Como os produtos tradicionais da Páscoa tiveram uma elevação de preços entre 13% e 18% nos últimos 12 meses, enquanto a inflação, no mesmo período, foi de 6,66%, a estratégia de boa parte da população tem sido adquirir insumos e produzir, de forma artesanal, os itens para presentear familiares e amigos. Há, ainda, a escolha de artigos como roupas infantis e brinquedos, alternativa encontrada por quem não pode gastar muito nesse momento”, lembra Vitor Augusto Koch.

Mesmo empreendimentos que não vendem produtos ligados a Páscoa podem ter uma boa comercialização de produtos na data comemorativa, envolvendo o cliente na celebração e chamando ele para a loja.

Para realizar boas vendas no período, a FCDL-RS lembra que um bom atendimento ao cliente é um fator essencial, pois a experiência positiva dele no estabelecimento ajuda muito a realizar a compra. Deixar o consumidor à vontade, com atendentes disponíveis e atenciosos é um bom caminho.

Também são interessantes estratégias como colocar produtos relacionados à Páscoa em destaque, especialmente ovos de chocolate, ovos em formato de coelho, cestas de chocolate, coelhos de pelúcia e cartões temáticos; uma vitrine caprichada, que impacte positivamente o consumidor; e tentar viabilizar preços e condições de pagamento adequadas ao orçamento dos clientes.

“Se relacionar com o consumidor dentro do espírito de prosperidade e comunhão que a Páscoa carrega certamente trará um retorno positivo tanto financeiramente como em fidelização dos clientes”, finaliza Vitor Augusto Koch.

por O Sul

MAIS LIDAS