Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Flash Back
Apresentação
J. Carlos Nicolai
Mensageiro Gaúcho
Amílton Drews

Governo do Estado realiza pagamento a municípios da terceira fase do programa Testar RS

Publicado 6/01/2022 às 08:09

Programa de testagem beneficia municípios | Foto: Alina Souza

O governo do Estado, através da Secretaria da Saúde, realizou nesta quarta-feira o pagamento de R$ 840 mil aos 28 municípios que aderiram à terceira fase do Testar RS, programa estadual de testagem da Covid-19. Na fase atual do programa, iniciada em novembro e com duração prevista até março, participam os municípios gaúchos que registram aumento da população nos meses de verão. Entre eles estão cidades do Litoral, Serra e Fronteira, devido ao fluxo de turistas, e também cidades com mais de 100 mil habitantes.

Os recursos, de R$ 30 mil por município, pagos em parcela única, permitirão às prefeituras manter pontos de realização de testes rápidos de antígeno da população por livre demanda, independentemente da pessoa apresentar sintomas da doença, e em locais de grande movimento, seguindo todos os protocolos de isolamento de possíveis casos positivos.

De acordo com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri, o teste de antígeno é uma forma eficaz e barata de rastreamento, e a testagem em larga escala por livre demanda da população é uma proposta utilizada mundialmente.

“Precisamos dar todas as condições aos municípios, neste momento de maior circulação de residentes e não residentes do Estado, de detectar em tempo oportuno os casos que possam ser assintomáticos e sensibilizá-los da necessidade de permanecerem isolados”, explicou.

Testes rápidos de Covid-19 estão em falta em algumas farmácias da Capital devido à alta demanda depois das celebrações de Ano Novo. A reportagem do Correio do Povo percorreu algumas farmácias do Centro Histórico e ouviu relatos dos responsáveis pelos estabelecimentos não apenas sobre o aumento da procura, mas também sobre o aumento de resultados positivos. Segundo a gerente da Farmácias Associadas, localizada na Rua dos Andradas, Joara Simoni Oliveira, até a tarde já haviam sido realizados 11 testes. “Em dezembro, o costume era fazermos dois ou três testes por dia. A busca aumentou muito”, disse. Dos 11 testes, nove tiveram resultado positivo.

Funcionários de uma filial da rede São João também relataram aumento na demanda de testes por Covid-19, principalmente após a virada do ano. Em algumas unidades, os testes estavam em falta na noite de terça-feira e, segundo a atendente, seriam repostos. A rede Panvel por sua vez, indisponibilizou a venda e agendamento de testes pelo seu site, até a normalização dos estoques. Por meio de nota, admitiu incremento da demanda.

*Infos CP