Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
PUBLICIDADE

Governo do RS mantém Alerta para 14 regiões Covid

Publicado 24/06/2021 às 08:29

Foto: reprodução

O governo do Rio Grande do Sul divulgou, nesta quarta-feira, que manteve os 14 Alertas já emitidos às regiões Covid de Bagé, Cachoeira do Sul, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana.

Segundo o Gabinete de Crise, a manutenção dos Alertas nessas regiões demonstra a necessidade de manter a cautela, reforçando a manutenção de protocolos de distanciamento e de higiene sanitária. Nesta semana, novamente não foram emitidos novos Avisos.
As 14 regiões mantidas em Alerta receberam novos relatórios a respeito da situação da pandemia de cada uma. “Os números de internações e óbitos ainda estão muito elevados. Não podemos nos descuidar. Alcançamos uma estabilidade muito alta, e isso, além de nos causar preocupação, obriga que os cuidados sejam redobrados”, explicou o diretor do Departamento de Auditoria do SUS da Secretaria da Saúde e coordenador adjunto do GT Saúde, Bruno Naundorf.

De acordo com o Gabinete de Crise, as regiões de Erechim e de Pelotas, especialmente, são alvo de preocupação nesta semana, pois ainda não iniciaram um processo de melhora no número de internações, cujos patamares seguem muito elevados.

De acordo com dados do Piratini, em Erechim, a taxa de mortalidade acumulada na semana foi de 5,58 óbitos por 100 mil habitantes, um aumento de 85,7% frente à semana anterior. No que diz respeito às interações, cresceu 8,7% o número de pacientes internados em leitos clínicos na região. A taxa de ocupação de leitos de UTI, por sua vez, é de 91,2%, com apenas cinco leitos livres, apontou os dados do Gabinete de Crise. Na região de Pelotas, o aumento de internados em leitos clínicos foi de 7%. A taxa de ocupação de leitos de UTI é de 94,5%, com 11 leitos livres.

por CP