Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
PUBLICIDADE

Mais de 15 mil quilos de uva já foram comercializados na Feira da Uva de Erechim

Publicado 8/02/2021 às 04:27

Foto: Terezinha Vilk/Emater/RS-Ascar

A comercialização da safra de uva teve prosseguimento no domingo (07/02), das 14h às 18h no Pavilhão Multiuso, onde acontece a Feira da Uva de Erechim.  No local também estão sendo comercializados produtos derivados como sucos e vinho, produtos de agroindústrias, além de artesanatos e flores. A feira, que teve início no dia 17 de janeiro, faz parte da Festa Di Bacco, que neste ano não conta com atrações turísticas em razão da pandemia. A comercialização segue os protocolos determinados pelos órgãos de saúde. A feira encerra no próximo domingo (14/02).

A produtora Luciana Barbosa, de Erechim, conta que grande parte da produção da safra estimada em 40 mil quilos, com as variedades Niágara Branca, Niágara Rosa, Isabel e Bordô, já foram comercializados tanto na forma in natura como para produção de vinhos. Segundo ela, já foram comercialização na feira e fora mais de 30 mil quilos. “As vendas na feira são boas, o clima seco ajudou na qualidade da fruta com graduação boa, embora tenha diminuído a quantidade esperada”, disse ao agradecer a parceria com a Emater/RS-Ascar. “A fruta está bem doce”, completou.

O casal Ademar José Szefer e Cassiane Beal Szefer, de São Valentim, que produz uvas das variedades Niágara Rosa e Branca, Rainha, Itália e Rubi, também está otimista. Cassiane contou que as vendas estão boas e superaram as previsões iniciais. “Achávamos que não venderíamos tanto em função da pandemia”. Ela acredita que somente na feira serão vendidos cerca de 5 mil quilos.

De acordo com o extensionista do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Erechim, Valmor Gasparin, até o momento foram comercializados mais de 15 mil quilos de uvas no evento. “A feira está sendo um sucesso também devido à qualidade da fruta”, avaliou.

A promoção é da Prefeitura de Erechim, através das secretarias da Agricultura e Cultura, juntamente com a Emater/RS-Ascar, Comissão da Uva, Sutraf, grupos italianos Avanti, Gillé, Stella Alpina e produtores.

A abertura simbólica da safra em Erechim ocorreu no dia 13 de janeiro, na propriedade do agricultor Luciano Bozz, com público restrito, seguindo os protocolos sanitários de combate à Covid-19. A comercialização prosseguiu nos dias (17, 24 e 31 de janeiro e 07 de fevereiro) e encerra no próximo domingo (14/02).