Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Don't Stop III
Eliane Santolin
Toca Tudo
Apresentação
Amílton Drews

Pagamento por Serviços Ambientais realiza remunerações e novas adesões de agricultores que realizam práticas sustentáveis

Publicado 30/11/2023 às 06:30

Nesta quinta-feira (30) foi realizado, pela Secretaria de Meio Ambiente, um Dia de Campo do Programa Municipal de Conservação de Recursos Hídricos e Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), que têm como objetivo a conservação da água e do solo em propriedades rurais por meio da redução da erosão, do assoreamento dos mananciais e do incremento da vegetação em beiras de rios e nascentes com foco no reconhecimento e pagamento aos produtores rurais que aderirem voluntariamente ao Programa.

A atividade, que contou com a presença, na solenidade de abertura, do vice-prefeito, Flávio Tirello; do vereador e líder de Governo, Fifo Parenti e do diretor executivo e comercial da CRESOL Centro Sul RS/MS, Jacionor Pertille, além de agricultores, representantes de entidades e equipe da pasta de Meio Ambiente, aconteceu no KM 10, Povoado Argenta, durante a manhã e a tarde.

Conforme explica o secretário de Meio Ambiente, o programa contempla as propriedades localizadas até os limites municipais de Erechim, que componham as Bacias Hidrográficas dos Rios Leãozinho, Ligeirinho, Campo, Cravo, Suzana e Dourado, ampliando a possibilidade de captação de água em nosso reservatório de abastecimento local, bem como promover o melhoramento das condições ambientais em todas as Áreas de Preservação Permanente de Erechim.

“Após a realização dos diagnósticos nas propriedades aderidas, realizamos os pagamentos referentes às nascentes conservadas, para além de comemorarmos juntos a grande adesão a este programa, impulsionarmos ainda mais a divulgação e demonstrarmos assim que este programa traz de fato benefícios aos agricultores e a toda comunidade erechinense”, disse Cristiano Moreira.

Segundo o prefeito de Erechim, Paulo Polis, que participou dos atos de assinatura a remuneração dos agricultores ocorre a partir da certificação de práticas conservacionistas adotadas pelos mesmos, orientadas com vistas à conservação de água e solo dentro da realidade individual de cada propriedade. “Reconhecer o agricultor como promotor de práticas ambientais que geram sustentabilidade produtiva e ambiental, e que impactam positivamente na vida de todos. Esse é o nosso objetivo”, disse Paulo Polis.

“Para nós, enquanto gestores públicos é uma honra estar aqui assinando contratos de novos agricultores aderidos e efetuando os pagamentos das nascentes dos rios. Essa é uma forma de reconhecer o trabalho da prática ambiental sustentável realizada por esses agricultores. Além disso, o PSA vem ao encontro da necessidade de preservar a natureza. Nos últimos meses presenciamos muitos desastres ambientais em nosso Estado e o PSA veio justamente para preservar a natureza e prevenir que esses eventos aconteçam no nosso município”, declara o prefeito.

Novos agricultores aderidos

Pela parte da tarde deste Dia de Campo foi realizada a assinatura de novos contratos, onde 21 agricultores realizaram a adesão ao PSA de forma voluntária, conforme relação abaixo:

Adelino de Almeida Lara
Cláudio Braz Cavalett
Cláudio José de Bortoli
Edison Joãozinho Simon
Flávia Tais Malacarne
Hilda Rigo de Almeida Lara
Jacob Ovidio Julian
Jaime Pigatto
Julio Zonatto
Luciano Ernesto Badalott
Luiz Tasso
Maria Assunta Krucinski
Mario Jose Rovani
Nadie Maria Mikolailzik
Nelson Luiz Giacomelli
Pedro Lise
Roberto Luís Toldo
Roberto Serena Fontaneli
Tânia Mara Zulian
Valdecir Todorowski
Waldir Geronimo Zulian

Hoje o PSA conta com 68 proprietários inscritos no Programa e 100 propriedades em todo município.

Para aqueles agricultores que tem nascentes desses novos aderidos hoje o pagamento pelos serviços ambientais já foi efetuado pela Secretaria de Meio Ambiente.

MAIS LIDAS