Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Difusão Pampa e Sertão
Apresentação
Paulo Frizzo
Chamada Geral
Rede Gaúcha SAT

RGE regulariza energia para 50 famílias de Erval Grande

Publicado 29/05/2020 às 10:31
Imagem: RGE/Divulgação

Imagem: RGE/Divulgação

A RGE regularizou, neste mês de maio, a ligação de energia elétrica para 50 famílias do Loteamento de Interesse Social Tancredo Neves, em Erval Grande (RS), na região Médio Alto Uruguai. Com um investimento de aproximadamente R$ 100 mil, por meio do Programa de Eficiência Energética (PEE), a distribuidora diz que atuou na regularização das ligações doando o material e o serviço de instalação dos padrões de entrada para os novos clientes.

A distribuidora RGE, que faz parte do Grupo CPFL Energia, explica que mapeia moradores que não estejam ligados devidamente na rede e fornece todos os equipamentos para a regularização: medidor, poste, ramal de ligação e demais componentes. “Desta forma, o fornecimento de energia elétrica para aquele novo cliente – e por consequência a sua rua, o seu bairro e a sua cidade – fica mais seguro e dentro dos padrões técnicos”, detalha a companhia. “Além disso, o morador passa a ter uma conta de luz em seu nome, que é um dos comprovantes de residência mais respeitados no mercado.”

As ações de regularização de clientes executadas pela RGE, como parte dos projetos de Eficiência Energética, buscam também combater as ligações clandestinas. “Rastrear e fazer o desligamento dessas ligações é uma questão de segurança para a população. Também ajuda a evitar curtos-circuitos que afetam a rede e que, em muitos casos, provocam interrupção do fornecimento, queima de equipamentos e eletrodomésticos e até incêndios”, justifica a RGE.

Segundo o Assistente de Projetos de Eficiência Energética da distribuidora, Éder Hoffmann, a busca por clientes que podem ser regularizados ocorre em cidades de diferentes regiões da sua área de concessão. “Temos um processo de identificação desses moradores que, em alguns casos, ocorre em parceria com o Poder Público local e nossos colegas Consultores de Negócios. Depois disso, iniciamos as construções e adequações necessárias para a ligação deste cliente à rede da RGE de maneira regular e segura”, comenta o profissional. “Em muitos casos, o cliente quer regularizar o seu padrão de entrada, porém não tem condições financeiras de adquirir. Dentro dessa realidade, nosso cliente fica ligado de forma irregular, colocando em risco a sua segurança e dos demais moradores, o que após receber o seu padrão novo, deixa de ocorrer.”

PUBLICIDADE