Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Flash Back
Apresentação
J. Carlos Nicolai
Mensageiro Gaúcho
Amílton Drews

Saiba como são elaboradas as provas do Enem, que começam a ser aplicadas neste domingo

Publicado 19/11/2021 às 03:45

O exame é composto por uma redação e quatro provas com 45 questões objetivas cada
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Como são escolhidas as questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)? O que é o BNI (Banco Nacional de Itens)? O nível das provas é o mesmo todos os anos? A seguir, você saberá como o Enem é elaborado.

O exame é composto por uma prova de redação e quatro provas com 45 questões objetivas cada: linguagens, matemática, ciências humanas e ciências da natureza.

Os itens do Enem são elaborados por especialistas selecionados por meio de chamada pública do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Eles devem seguir a matriz de referência, guia de elaboração e revisão de itens estabelecidos pelo Inep. Após escritos, os itens passam, então, por revisores e depois por especialistas do instituto.

Finalmente, os itens são pré-testados em aplicações feitas em escolas pelo País. O processo é sigiloso, e os estudantes não sabem que estão respondendo a possíveis questões do Enem. Com a aplicação, avalia-se a dificuldade, o grau de discriminação e a probabilidade de acerto das questões. Os itens aprovados passam a compor o BNI, que fica disponível para aplicações futuras do Enem.

Acesso ao BNI

Para ter acesso ao BNI, é preciso seguir um protocolo de segurança. Todos os servidores e colaboradores com autorização de acesso aos itens assinam termos de sigilo e confidencialidade.

O BNI fica no Ambiente Físico Integrado Seguro, localizado na sede do Inep, em Brasília. O ambiente fica isolado, possui salas com abertura somente com o uso de digitais e computadores sem acesso à internet ou à intranet da autarquia.

Todo o processo de captação, elaboração e revisão de itens para compor o Enem e outros exames do instituto ocorre nesse espaço. Não se sabe ao certo quantas questões compõem o banco do Enem, pois a informação é sigilosa.

Elaboração das provas

As questões que irão compor as provas do Enem são selecionadas no final do primeiro semestre do ano por especialistas do Inep com auxílio de professores de diversas instituições de ensino básico e superior. A seleção, de acordo com cartilha disponibilizada pelo Inep, leva em conta a cobertura da matriz de habilidades e competências de cada área do conhecimento, bem como a atualidade das temáticas dos itens e seus parâmetros psicométricos.

As questões são selecionadas de forma que o nível de dificuldade das provas seja o mesmo todos os anos. Assim, é possível comparar o desempenho dos candidatos em anos diferentes. Em 2021, as questões do Enem impresso e do digital serão as mesmas. O tema da redação também será igual.

Selecionados, o tema da redação e as questões da prova são salvos em um HD levado de avião, por um servidor do Inep, até a gráfica de segurança máxima, onde o exame é impresso. Outro servidor embarca, em um avião diferente, levando a senha que permitirá a abertura dos arquivos do HD.

Provas deste ano

O Enem 2021 será aplicado nos dias 21 e 28 de novembro para mais de 3 milhões de estudantes em todo o País, tanto na versão impressa quanto na digital. No primeiro dia, os participantes farão as provas de linguagens, ciências humanas e redação. No segundo, matemática e ciências da natureza.

por O Sul