Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Brasil de Norte a Sul 
Apresentação
Edeovaldo Dias dos Santos

Última etapa do projeto ‘Registro da Fênix’ inaugura dia 31 de março na FHST, em Erechim

Publicado 4/03/2020 às 09:38

Exposição Registro da FÊnix 2

A última etapa do projeto Registro da Fênix: ressignificando dores em arte no ambiente hospitalar, da artista visual Priscila Sabka Thomassen, inaugura dia 31 de março, às 19h, na Fundação Hospitalar Santa Terezinha, em Erechim (RS). A visitação vai até o dia 20 de abril.  Além da exposição – que é a terceira da série -, na ocasião também ocorre o lançamento do livro Registro Fênix: Arte & Resiliência. A tiragem será de 100 exemplares, que serão distribuídos para bibliotecas, escolas, hospitais e instituições culturais.

Capa do livro Registro da Fênix: arte e resiliência

Capa do livro Registro da Fênix: Arte & Resiliência

O projeto foi realizado ao longo de 2019 e início de 2020, com o objetivo  de promover reflexão sobre a importância da arte no processo de resiliência por meio da fruição artística e da construção poética no espaço hospitalar.

Priscila, juntamente com a equipe do projeto, realizou oficinas de arte na sala de convivência da instituição. Ela fotografou o processo de resiliência dos pacientes e acompanhantes, o que resultou em um registro com 40 imagens.

O processo de criação continuou no atelier da artista e, por isso, ela chama a técnica de fotografia expandida. A partir das impressões fotográficas, Priscila fez, em cada uma delas, intervenções de pintura, costura e colagem de materiais atóxicos e aproveitando bulas, blisters e caixas de remédios.

Na mostra será doado ao hospital um trabalho feito pelos pacientes com colagem de bulas coloridas durante as oficinas.

“Se possível, venham prestigiar o evento. Na ocasião teremos músicos abrilhantando o momento, além das artes visuais e do lançamento do livro. Expressar-se é salutar. Fazer arte, apoiar artistas e atividades culturais é cuidar e valorizar a saúde integral” convida a artista.

O projeto Registro da Fênix: ressignificando dores em arte no ambiente hospitalar foi aprovado no Edital Erechim 100 anos de Cultura, tem patrocínio do Fundo de Apoio as Artes e a Cultura de Erechim (FAACE) e financiamento Pró- cultura RS.

PUBLICIDADE