Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Momento Nativo
Apresentação de Paulo Frizzo
Panorama de Notícias
Apresentação Amílton Drews e Edilon Flores

A fome aumenta no inverno: mito ou verdade?

Publicado 6/07/2021 às 08:47

De fato, o inverno tem um apelo gastronômico maravilhoso e sua chegada parece causar mais fome. Muitos veem o período frio como uma ótima oportunidade para as “gulas”. Se você sente mais apetite nessa estação, calma! É normal e há uma explicação fisiológica para isso.

Nosso corpo precisa manter sua temperatura em torno de 36º e em dias frios esse processo é dificultado. Com isso, há um maior gasto calórico para que a temperatura corporal ideal seja mantida. A partir disso, a fome pode ocorrer com maior intensidade.

Porém, precisamos estar cientes que nosso ambiente e nossas atitudes podem contrapor esse gasto calórico, por dificultarmos a passagem do frio, visto que a tendência é ficar mais agasalhado, com aquecedores ligados e com cobertas, não é mesmo?

Além disso, a prática de exercícios físicos tende a reduzir nessa época, pois muitos preferem ficar aconchegados e quentinhos em suas casas. E consequentemente, o acesso à alimentos passa a ser maior.

Dessa forma, o maior gasto calórico para a manutenção da temperatura corporal acaba sendo compensado pela maior ingestão alimentar. E esse desequilíbrio provavelmente ocasionará aumento do peso.

A dica para evitar os quilinhos a mais no frio é não deixar de praticar atividade física e incluir preparações quentinhas e saudáveis para ajudar a aquecer e nutrir seu corpo.

Veja algumas dicas que podem facilitar os cuidados com a alimentação no inverno:

  • Aposte em sopas e caldos. Sempre são ótimas opções pra aquecer. Abuse dos vegetais nessas preparações;
  • Não esqueça das saladas, elas proporcionarão mais saciedade. Pode forrar o fundo do prato com elas e adicionar a comida quentinha por cima, assim a ingestão pode ficar mais fácil;
  • A água é fundamental para a hidratação e diversas funções vitais. No inverno a sinalização de sede costuma ser menor, por isso, não espere sentir sede;
  • Atente para as calorias líquidas como chocolate quente. Pode optar por uma versão mais leve feita com leite desnatado + 1 quadradinho de chocolate 70% ou 1 colherzinha de cacau 100% + adoçante. Vinho também costuma ser mais comum nessa estação, mas beba com muita moderação. Lembre-se que é uma ótima oportunidade para saborear os chás;
  • Não deixe as frutas de lado. Inclua em preparações quentes como mingau, panqueca e bolinhos saudáveis. Também pode aquecê-las ou assá-las no forno com especiarias (maçã, canela, pera e banana ficam deliciosas dessa forma).

por Nutricionista | Natalia Piovesan – Instagram: @nutripiovesannati