Em ótima companhia em qualquer lugar
Rádio Difusão, a sua melhor escolha
Sintonize conosco e fique por dentro de tudo
Ouça os melhores lançamentos musicais
Frequência Livre
Apresentação
Paulo Frizzo
Rádio Cidade
Apresentação Francisco Basso Dias

Lula afirma que, se for eleito, o BNDES não irá mais financiar grandes empresas

Publicado 3/08/2022 às 04:02

O petista deu a declaração durante viagem pelo Nordeste
Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação

Candidato do PT à Presidência da República, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que, se for eleito, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) não irá mais financiar grandes empresas – uma política diferente da adotada nos governos anteriores do petista.

“Se preparem, quem quer ser pequeno ou médio empreendedor nesse País, porque vai ter financiamento. O BNDES não vai mais financiar grandes empresas, não. O BNDES vai financiar pequenas e médias empresas, pequenos e médios empreendedores, porque a gente vai voltar a sorrir”, disse Lula durante um ato público em Campina Grande, na Paraíba, na terça-feira (02).

“Esse País vai voltar a produzir emprego, vai voltar a produzir salário e vai voltar a produzir obra de infraestrutura. E eu vou recuperar o respeito com os Estados Unidos, com a Alemanha, França, Índia, China, com o diabo que for. Nós vamos recuperar o respeito, e essa gente vai voltar a investir dentro do Brasil”, afirmou o petista.

Lula também disse que o salário mínimo voltará a aumentar anualmente acima da inflação. “Quero dizer em alto e bom som: todas as categorias organizadas vão receber salário acima da inflação na época do acordo. A inflação vai baixar, nós já baixamos uma vez. E os juros vão baixar porque já baixamos uma vez”, disse Lula, que cumpre agenda no Nordeste nesta semana.

por O Sul